O ideal da autossuficiência e o processo para alcançá-lo

A autossuficiência é o estado de quem vive de maneira independente, que não precisa de condições especiais ou da ajuda dos outros para sobreviver. A autossuficiência pode ser estudada através da análise de diversas áreas como política, economia e sociedade, mas vamos nos concentrar na autossuficiência do indivíduo.

Ao nascermos, principalmente na primeira infância, ainda não temos a nossa personalidade construída, não nos enxergamos separados das pessoas que nos criam, mas faz parte da nossa natureza e evolução individual buscarmos a independência, a autossuficiência de nossas vidas.

O impulso que nos motiva em direção a essa busca costuma vir de dentro e refletir em aspectos externos. Muitas vezes temos a chamada vida dos sonhos, mas nos sentimos frustrados, estagnados, imaturos em alguma área da vida e naturalmente somos chamados a compreender essa insatisfação, o que muitas vezes nos leva ao deslocamento do espaço já conhecido em direção a uma jornada de redescoberta e encontro conosco. 

“A rotina nos torna dependentes, a busca pelo novo ou desconhecido nos transforma em autossuficientes.”
Tiago Rocha Barbosa

O processo que é desencadeado através dessa busca é muito pessoal e variável, cada um de nós recebe esse chamado e passa por um processo evolutivo distinto, mas com um mesmo objetivo: nos conhecer melhor e aperfeiçoar quem somos para alcançarmos a nossa melhor versão.

A busca pela autossuficiência é na maioria das vezes o gatilho para iniciarmos a jornada de autoconhecimento. Quantas pessoas iniciaram essa jornada buscando se curar de términos de relacionamentos, da demissão inesperada, do falecimento de um ente, de um problema grave de saúde? Todas, todas as pessoas em essência estavam buscando não depender mais do espaço ou de outras pessoas para viver bem. 

Uma busca individual por curar a dor causada pela falta de algo que esperamos vir do externo, quando na verdade já existe em nós, mas ainda não nos conhecemos o suficiente para compreendermos esse estado natural de plenitude.

A jornada de autoconhecimento nos faz conhecer e compreender muito o outro através da nossa autocompreensão, entendemos que todos estamos passando por um processo evolutivo com experiências distintas, mas com o mesmo objetivo. Temos os mesmos anseios, desejos e medos, mas os nossos processos são desencadeados e vividos através de experiências e em momentos diferentes, porque somos diferentes.

Essa busca individual, que leva muitos a realizarem grandes viagens externas, acontece internamente, é um despertar e compreensão que desabrocham através das nossas vivências, da nossa troca com o meio e são alcançadas através do entendimento intuitivo.

“Tudo é questão de despertar sua alma.”
Gabriel García Márquez

A autossuficiência é inalcançável no contexto geral de nossas vidas, mas é um ótimo gatilho para despertarmos. Durante a jornada descobrimos que estamos todos conectados e precisamos do espaço e dos outros para realizarmos nossos processos.

Mergulhe, realize a sua jornada e compreenda sobre você e o todo.

Abraço!

Sem comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *